quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Pontapé de Baliza

Parte 1

video

Parte 2

video

8 comentários:

O Espectador disse...

Fábio Ferreira a certa altura diz:
"Com boas arbitragens a verdade vem ao de cima."
Insinuando q o benfica só ganha devido aos arbitros.
Mais á frente diz:
"O Benfica está a jogar muito bem esta época é sempre favorito."
Anti-Benfiquismo até se admite mas não será mt pedir coerência no discurso...

Fábio Ferreira disse...

Não tem nenhuma incoerência. A verdade é que o Benfica está a jogar bom futebol, mas mesmo assim os arbitros têm ajudado e muito. O Benfica é uma equipa que joga muito melhor em vantagem que em desvantagem. E muitas vezes coloca-se em vantagem em situações, no minimo, polémicas. Ou seja, muito do bom futebol praticado pelo SLB começa em decisões desacertadas da equipa de arbitragem.

Compreendeu, Sr. Espectador?

Madeirense disse...

O Carlos também não demosntrou atitutes anti-sportinguistas.... basta que sim!

Espectador disse...

É óbvio q não compreendi, leia o q acabou de escrever tirando as palas dos olhos e concerteza tb não irá compreender.

Se a verdade vier ao de cima como diz o Benfica não ganhará jogos isto apesar de jogar mt bem, ora a meu ver uma equipa q não consegue ganhar jogos sem ajuda da arbitragem não joga mt bem!

O objectivo no futebol é ganhar tudo o resto são balelas, deve ser um dos q tem saudades do Peseiro, pois practicava "bom futebol".

Tenha o minimo de respeito por quem assiste e reconheça q errou, tar a marrar na parede só lhe fica mal.

Se responder querendo-me fazer de parvo de novo ficará sem resposta.

MarBurG disse...

Deixo uma pergunta no ar e gostava que me soubessem responder:

Como é possível se chamar Pedro Proença para arbitrar este jogo?

Segundo consta na praça pública diz-se que este Sr. árbitro é sócio do Benfica e seu confesso adepto, logo, não seria de se chamar outro árbitro? (ups já vou nas duas perguntas)

Se o coração deste árbitro torce pelo Benfica não haverá alturas em que ele irá ajuizar mal mesmo sem o querer? É que ele vai assinar tudo o que seja "duvidoso" a favor do Sporting para não virem dizer que ele ajudou o Benfica como tem vindo a fazer regularmente sempre que tem aparecido a arbitrar jogos do Benfica.

Não seria menos contra-produtivo chamar um árbitro que fosse neutro? (Outra lol)

Este género de condicionantes tem de acabar em todo o futebol, todos nós sabemos de árbitros confessos adeptos e simpatizantes de clubes, esses árbitros deviam de se recusar a arbitrar os jogos desses mesmos clubes para acabar com o clima de suspeição.

---
Em relação ao Pontapé de Baliza ouvi-o na quinta-feira mas apenas hoje tenho oportunidade de o comentar.

Se existe falta no jogo do Braga quando o Luisão marca o golo, também existiu no jogo com o Guimarães e ambas deviam de ter sido assinaladas. O facto do Coentrão estar ainda distante de onde a bola foi cabeceada ninguém pode afirmar que ele não chegaria a tempo de atrapalhar o remate.

Em relação ao assunto "ah e tal lances destes existem n por jogo" em que n é um número natural, e se o árbitro fosse a assinalar haveria x livre directos (penalty num caso e falta atacante noutro) por jogo, e que se passava o jogo nisso. Talvez acontecesse mas seria na "primeira jornada" em que isso fosse posto em práctica, na segunda já não se viam mais agarrões ou empurrões que não fosse carga de ombro (no ombro) que é legal.

Basta haver um pouco de bom senso, neste momento é uma lotaria!

r3n470 disse...

Quanto a haver atitudes em apoio ao seu clube é totalmente normal.
Os profissionais têm nas porque não estes jovens que estão a meio do curso.

Esse é o primeiro ponto.

O segundo ponto acho que o bom senso como o Marburg fez questão de referir tem de partir em principio dos jogadores e não dos árbitros, federações etc.
Se um jogador não simular falta ela não e assinalada.
Os jogadores preferem complicar a vida aos árbitros, é normal que eles com a vida dificultada falhem mais.
Um jogador que passa a vida a cair na área começa a ser olhado de lado, quantas e quantas vezes não vemos um jogador a atirar se para o chão e estragar a época de uma equipa quando não são variadas épocas.
Por isso pessoal vamos lá deixar de crucificar este ou aquele árbitro porque errar é humano e se um avançado falhar em frente da baliza toda a gente vê desculpas, um árbitro falha ( tudo bem há deles que sistematicamente ) e toda a gente o crucifica. Para se mudar o futebol teria de se começar pelo essencial que são os jogadores, e se esses não mudam porque vamos pedir para outros mudarem ?


mas isto é apenas e só a minha opinião.

Continuem com o bom trabalho rapazes :)

Fábio Ferreira disse...

Ora segundo o post do Espectador, nem vale a pena eu responder, porque ficarei sempre sem resposta, porque qualquer resposta que nao seja da sua opinião, estarei a tomá-lo sempre por parvo.

Por isso fico-me por aqui. Não discuto com pessoas que nao aceitam discussão...

Fábio Ferreira disse...

Obrigado r3n470 pelo teu comment de compreensão e elogio. De referir que o Pontapé de Baliza é um programa de discussão, onde cada um tem o seu clube e a sua missão é, precisamente, defende-lo. Diria que é um género de Dia Seguinte. Já o Treinador de Bancada é que é de análise desportiva. São programas bem diferentes.